Os selecionados do programa CNH Social. Leia Mais

Detran|ES convoca candidatos faltosos e faz nova chamada do CNH Social

Os selecionados do programa CNH Social que não compareceram às Ciretrans e Pavs para a comprovação dos documentos terão mais uma chance. O Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES) divulgou, nesta segunda-feira (07), a lista de chamada com os nomes dos 2.977 ausentes, que deverão se apresentar em uma das agências no período de 21 a 25 de outubro.

Nesta quarta chamada, os selecionados precisam comprovar as informações cadastradas no ato da inscrição. Para isso, devem se dirigir a um Posto de Atendimento Veicular (Pav) ou a uma Ciretran mais próxima de seu munícipio, munidos dos documentos (original e cópia) necessários, de acordo com o segmento selecionado. O horário de atendimento ao público nesses locais é de 9h às17h.

A coordenadora do programa CNH Social Lourdes Nair Ferreira explica que, além da divulgação da lista dos convocados no site do programa, www.cnhsocial.es.gov.br, os selecionados serão também informados do prazo por meio de cartas enviadas às residências. “Todas essas ações buscam alertar os beneficiados sobre o período de comprovação. Essa é a última chance para aqueles que não atenderam às chamadas anteriores, se apresentarem”, afirma.

O não comparecimento no prazo estabelecido, bem como a não comprovação dos dados informados no ato da inscrição, implicarão na eliminação do candidato do programa.

Abaixo, os selecionados podem conferir a lista da documentação exigida de acordo com o requisito preenchido pelo candidato selecionado:

I– Para trabalhadores comprovadamente desempregados há mais de um ano:

a) Carteira de Identidade ou outro documento oficial com foto (original e fotocópia);

b) Cadastro de Pessoa Física – CPF (original e fotocópia);

c) Certidão de Nascimento dos dependentes, se houver (original e fotocópia);

d) Comprovante de residência ou domicílio do munícipio onde mora no Estado do Espírito Santo, de até três meses (original e fotocópia);

e) Declaração, de próprio punho, de que sabe ler e escrever, lavrada no ato da comprovação;

f) Termo de responsabilidade sobre as informações prestadas na inscrição, assinado no ato da comprovação;

g) Declaração de que conhece e aceita todas as condições de participação do Projeto Social de Formação, Qualificação e Habilitação Profissional de Condutores de Veículos Automotores, assinado no ato da comprovação;

h) Declaração de renda familiar, assinado no ato da comprovação;

i) Carteira de Trabalho e Previdência Social – CTPS, com baixa de no mínimo um ano e/ou último contrato de trabalho (se houver), rescindido há, no mínimo, um ano (original e fotocópia).

II – Candidatos que nunca tiveram experiência formal junto ao mercado de trabalho:

a) Carteira de Identidade ou outro documento oficial com foto (original e fotocópia);

b) Cadastro de Pessoa Física – CPF (original e fotocópia);

c) Certidão de Nascimento dos dependentes, se houver (original e fotocópia);

d) Comprovante de residência ou domicílio do munícipio onde mora no Estado do Espírito Santo, de até três meses (original e fotocópia);

e) Declaração, de próprio punho, de que sabe ler e escrever, lavrada no ato da comprovação;

f) Termo de responsabilidade sobre as informações prestadas na inscrição, assinado no ato da comprovação;

g) Declaração de que conhece e aceita todas as condições de participação do Projeto Social de Formação, Qualificação e Habilitação Profissional de Condutores de Veículos Automotores, assinado no ato da comprovação;

h) Declaração de renda familiar, assinada no ato da comprovação;

i) Carteira de Trabalho e Previdência Social – CTPS, expedida há mais de um ano na data da inscrição do projeto.

III – Para os beneficiários do Programa Bolsa Família, criado pela Lei Federal n° 10.836 de 9 de janeiro de 2004:

a) Carteira de Identidade ou outro documento oficial com foto (original e fotocópia);

b) Cadastro de pessoa física – CPF (original e fotocópia);

c) Certidão de Nascimento dos dependentes, se houver (original e fotocópia);

d) Comprovante de residência ou domicílio do munícipio onde mora no Estado do Espírito Santo, de até três meses (original e fotocópia);

e) Declaração, a próprio punho, de que sabe ler e escrever, lavrada no ato da comprovação;

f) Termo de Responsabilidade sobre as informações prestadas na inscrição, assinado no ato da comprovação;

g) Declaração de que conhece e aceita todas as condições de participação do Projeto Social de Formação, Qualificação e Habilitação Profissional de Condutores de Veículos Automotores, assinado no ato da comprovação;

h) Declaração de renda familiar, assinada no ato da comprovação;

i) Carteira de Trabalho e Previdência social – CTPS (original e fotocópia);

j) Apresentação do cartão válido de participação do Programa Bolsa Família (original e fotocópia);

k) Certidão de aptidão do Cartão Bolsa Família fornecido pelo Centro de Referência e Assistência Social – CRAS

IV – Para os alunos matriculados na rede pública de ensino do Estado do Espírito Santo e que comprovem bom desempenho escolar no exercício anterior ao da inscrição:

a) Carteira de Identidade ou outro documento oficial com foto (original e fotocópia);

b) Cadastro de Pessoa Física – CPF (original ou fotocópia);

c) Certidão de Nascimento dos dependentes, se houver (original e fotocópia);

d) Comprovante de residência ou domicílio do munícipio onde mora no Estado do Espírito Santo, de até três meses (original e fotocópia);

e) Declaração, a próprio punho, de que sabe ler e escrever, lavrada no ato da comprovação;

f) Termo de responsabilidade sobre as informações prestadas na inscrição, assinado no ato da comprovação;

g) Declaração de que conhece e aceita todas as condições de participação do Projeto Social de Formação, Qualificação e Habilitação Profissional de Condutores de Veículos Automotores, assinado no ato da comprovação;

h) Declaração de renda familiar, assinada no ato da comprovação;

i) Carteira de Trabalho e Previdência social – CTPS (original e fotocópia);

j) Declaração do Diretor da escola ou, nas escolas da Rede Pública Municipal onde não houver Diretor, do Secretário de Educação do respectivo município, que comprove a matrícula na rede pública de ensino do Estado, e que contenha a média e frequência escolar, bem como, quando houver, o número de repetência, todos relativos ao exercício anterior ao de inscrição no presente programa, conforme modelo fornecido pelo site do Detran|ES.

k) Exclusivamente para os alunos que participem do Exame Supletivo, declaração da Gerência de Avaliação da Secretaria Estadual de Educação (capital) ou da Gerência Regional de Educação (interior), que comprove a sua matrícula e que contenha, a média e frequência escolar, bem como, quando houver, o número de repetência, todos relativos ao ano exercício anterior ao de inscrição no presente projeto, conforme modelo fornecido através do site do Detran|ES.

V – Para os empregados que recebem até dois salários mínimos:

a) Carteira de Identidade ou outro documento oficial com foto (original e fotocópia);

b) Cadastro de Pessoa Física – CPF (original ou fotocópia);

c) Certidão de Nascimento dos dependentes, se houver (original e fotocópia);

d) Comprovante de residência ou domicílio do munícipio onde mora no Estado do Espírito Santo, de até três meses (original e fotocópia);

e) Declaração, a próprio punho, de que sabe ler e escrever, lavrada no ato da comprovação;

f) Termo de responsabilidade sobre as informações prestadas na inscrição, assinado no ato da comprovação;

g) Declaração de que conhece e aceita todas as condições de participação do Projeto Social de Formação, Qualificação e Habilitação Profissional de Condutores de Veículos Automotores, assinado no ato da comprovação;

h) Declaração de renda familiar, assinada no ato da comprovação;

i) Carteira de Trabalho e Previdência Social – CTPS, e/ou último contrato de trabalho (se houver), (original e fotocópia);

j) Contracheque do mês de inscrição no programa (original ou fotocópia).

VI – Para Ex-presidiários (pessoas egressas, liberadas do Sistema Penitenciário

a) Carteira de Identidade ou outro documento oficial com foto (original e fotocópia);

b) Cadastro de Pessoa Física – CPF (original ou fotocópia);

c) Certidão de Nascimento dos dependentes, se houver (original e fotocópia);

d) Comprovante de residência ou domicílio do munícipio onde mora no Estado do Espírito Santo, de até três meses (original e fotocópia);

e) Declaração, a próprio punho, de que sabe ler e escrever, lavrada no ato da comprovação;

f) Termo de responsabilidade sobre as informações prestadas na inscrição, assinado no ato da comprovação;

g) Declaração de que conhece e aceita todas as condições de participação do Projeto Social de Formação, Qualificação e Habilitação Profissional de Condutores de Veículos Automotores, assinado no ato da comprovação;

h) Declaração de renda familiar, assinada no ato da comprovação;

s) Carteira de Trabalho e Previdência social – CTPS (original e fotocópia);

i) Declaração expedida pela Secretaria de Estado da Justiça atestando que o egresso liberado do sistema penitenciário (Ex-presidiários) está sem pendências com a justiça e em condições de se empregar, conforme modelo fornecido através do site do Detran|ES.

Além da documentação prevista nos incisos I a VI citados acima, o candidato que optar pela Adição nas categorias “A” ou “B” e/ou mudança para categorias “D” ou “E”, terá necessariamente que apresentar a Carteira de Habilitação (original e fotocópia), emitida no Estado do Espírito Santo quando selecionado para a fase de comprovação, sob pena de ser desclassificado e eliminado do projeto.

Informações à Imprensa:

Assessoria de Comunicação do Detran|ES

Eduardo Brinco

(27)3137-1652 / 9943-7060

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Vitor Possatti

(27)3137-2627

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Confira a lista de chamada do programa CNH Social

Publicado em: 07/10/2013 - 14:12 / Fonte: Detran ES